segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Dicas para a produção de texto na alfabetização

                                          

 Ler e escrever devem ser tarefas diárias em classes do ciclo de alfabetização, principalmente, mas isso não deve ser feito de forma mecânica, nem imposta.

 A contextualização auxilia e muito no processo de aprendizagem e por isso, já alguns anos, não faço da produção de texto algo isolado do restante das atividades, com uma folhinha separada e uma sequência para descrever.

 Ao contrário, as produções tem ligação direta com a aula, se estamos estudando sobre alimentação, a produção terá esse tema, em forma de listas, folhetos explicativos, textos opinativos ou outros.

 Alguns desses textos são feitos no caderno de produção, que é como um portfólio, mas não são escritos sem finalidade, as crianças sempre compartilham o que escrevem em momentos preparados pra isso, entre eles ou com outras turmas.

 Hoje vou compartilhar algumas produções de um aluno do 3º ano que estava iniciando o processo de alfabetização e mostrar como é importante incentivar, contextualizar, mediar e acreditar!

  •  Esse foi um de seus primeiros textos, assistimos o filme "Detona Ralf" como abertura do projeto semestral. Nesta produção, feita em fevereiro, ele disse que não sabia escrever, então, fui ajudando com a organização do pensamento e a codificação dos sons.

O Ralf ajudou a Vanellope.

  • Nesta outra produção, sobre um livro lido, ainda em fevereiro, o aluno já apresenta uma organização melhor das ideias, utiliza um sinal de pontuação e passa pelo processo natural de aglutinação.

Era uma vez o sereio que jogou o poder, e a bruxa fugiu para casa, e o rei ficou feliz todos os dias. E a bruxa pediu desculpa para o rei.
  • Em março, ainda com mediação, o aluno fala sobre as profissões na família, o avanço na escrita pode ser facilmente notado e a segmentação das palavras começa a ser utilizada.


Meu pai trabalha consertando casa e meu avô fica em casa e cuida do bebê. E eu quero ser jogador de futebol.



  • Depois de três meses lendo e escrevendo todos os dias e com a mediação necessária,  em maio esse aluno me trouxe seu texto pronto para corrigir.

 Quando eu vi, claro, pulei de alegria, mostrei o caderno pra turma toda e comemorei com ele. 

 Esta produção me encanta, pois quando ele compreendeu como a escrita ocorre e seus princípios, ele escreveu de verdade, sem se preocupar com número de linhas, utilizou acentos em suas hipóteses e cumpriu sua tarefa de escrever como era seu bairro muito bem!

 Este texto de julho, sobre meios de transporte, mostra o quanto ele avançou. Uma criança que há poucos meses tinha perdido as pontas dos dedos de uma mão por causa de uma bombinha dessas estouradas na rua e ficado dias internado no hospital com o rosto em estilhaços e dificuldades para ouvir...



 Depois de um trauma assim , tudo o que uma criança precisa saber é que ela é capaz, e essa lição, além das outras do currículo, esse gatinho aprendeu!!!

                                                     
     Até a próxima!!!

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Quadro do comportamento


                                    

 Compartilhando uma pequena ideia que vi numa página de educação do face e resolvi fazer.

 Ano passado utilizava o quadro de honra e dava bem certo: http://numconstanteaprendizado.blogspot.com.br/2015/06/trabalhando-disciplina-com-os-alunos.html, mas como estou acompanhando a turma, precisava pensar em algo novo...

 Essa ideia é bem simples, todas as crianças começam com seus nomes na carinha verde, o que serve como uma chamadinha também no início da aula. 




  Ao final da aula, vamos fazendo uma retrospectiva do dia e vendo como foi o comportamento de cada um, no fim, eles mesmos sabem onde devem ficar.

 Como ninguém quer ficar no sinal vermelho, à espera de um bilhetinho, eles ganham uma motivação a mais para manter o bom comportamento e comprometimento nas aulas.

                                         
Espero que possa aproveitar e continuar compartilhando esta pequena ideia!


 Até mais!!!