quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Soma, dezenas e bolinhas de gude




 Na escola procuramos incentivar as brincadeiras antigas entre os alunos, embora muitos deles soltem pipa, pulem corda e batam piques, há outros que não aproveitam tanto esse tipo de diversão.

 No livro didático do 2ºano havia uma reportagem sobre as brincadeiras antigas, já que o dia das crianças tinha acabado de passar, aproveitei o tema.

 Analisado o gênero textual, as palavras e escrito seus próprios textos, fomos brincar: 


 de corda,
                                                      
   cinco marias...      


          E a tão esperada bolinha de gude...

         
                                                                         
  Listamos as brincadeiras que eles conheciam, então expliquei que tinha um jogo diferente. 

 Levei uma tabelinha para que eles pudessem anotar suas pontuações e depois conferir o ganhador.

                                                     

 A cada rodada um aluno atirava a bolinha em direção ao alvo, o objetivo era fazer a maior pontuação. Fiz três rodadas e a cada chance, deixava a distância menor. 

                                    

  No decorrer do jogo eles iam anotando os pontos feitos, somavam as dezenas inteiras e comparavam com os colegas. A etapa seguinte foi na sala, registrando os resultados e premiando os ganhadores.

                                 
 Ao final, cada um pode jogar bolinha de gude de sua forma preferida: mata-mata, trilho, paredão. Eu aprendi todas, mas confesso que não tenho muita habilidade...

                                                     

 Mas ainda há tempo para aprender, meus alunos são, também, bons ensinantes! 

 

Até a próxima!!!

4 comentários: